3 investimentos que você deve fazer para aumentar de vez a produtividade, pelo diretor da SLC Agrícola

0

Para ter sucesso no agronegócio – assim como em qualquer área – nada melhor do que se inspirar em outros casos de sucesso, entendendo a visão de quem é especialista.

Para falar sobre os investimentos necessários para aumentar a produtividade, recorremos a Aurélio Pavinato, diretor presidente da SLC Agrícola, doutor em Ciência do Solo e especialista em Gestão, que falou sobre o case de sucesso da empresa durante o Strider Day.

Pavinato está por trás de uma empresa líder de mercado no agronegócio – a SLC hoje conta com mais de 400 mil hectares plantados de soja, milho e algodão e está em constante crescimento. Portanto, nada melhor do que se inspirar nessa jornada!

A seguir, veja 3 ensinamentos de Pavinato compartilhados durante o Strider Day para ter sucesso na sua produção:

 

1: investir em  tecnologia para monitoramento

Segundo Pavinato, existem apenas duas formas para seguir na operação agrícola: produzir mais ou gastar menos. Ambos utilizarão da tecnologia como caminho para serem efetivos. Nenhuma tecnologia, por mais inovadora que seja, será eficiente se não ajudar no aumento da produtividade ou na redução de custos.

Além disso, a tecnologia ideal aumenta a eficiência e a competitividade, como é o caso da agricultura de precisão. A prática, que já ocorre na SLC há 18 anos, foi melhorada graças ao maior investimento em tecnologia. Com o uso de mapas de produtividade e taxas variáveis, as melhorias foram notáveis. A produção das fazendas tornou-se mais uniforme, o que acaba possibilitando mais investimento em agricultura de precisão.

Para monitorar as pragas, por exemplo, a SLC investe no Strider Protector, que inicialmente foi testado em uma fazenda e, durante a safra, aprovado para o restante da operação. Com o Protector, a empresa garantiu economia de insumos, uso mais eficiente de mão de obra e de maquinário, além de maior respeito com o meio ambiente, graças à aplicação localizada utilizada em parte dos hectares.

2: organizar a gestão

Organizar a gestão da fazenda é fundamental para prever riscos e atuar na hora certa em que o problema aparecer. É importante ter um banco de dados que contemple todo o planejamento da safra, desde uso de fitossanitários até o controle de maquinário. Novamente, a tecnologia pode atuar a favor desta meta. A SLC investiu em uma plataforma digitalizada de gestão, que analisa e organiza melhor esses dados.

3: capacitar pessoas

Nenhuma etapa de monitoramento ou uma gestão de qualidade será possível sem pessoas capacitadas. Pensando nisso, a SLC desenvolveu programas voltados para a capacitação dos colaboradores. É o caso do Espaço de Inclusão, implantado nas fazendas, onde acontecem treinamentos de todos os sistemas digitais utilizados no dia a dia, além de aulas de alfabetização e de  uso da internet.

Com uma equipe capacitada, aparecem os resultados financeiros, qualidade da operação e oportunidade de crescimento profissional dentro da empresa – o que motiva ainda mais o funcionário.

Portanto, o investimento em inovações (e também em pessoas) é o caminho certo para  chegar com sucesso à agricultura do futuro, produzindo mais e gastando menos. O case de sucesso da SLC Agrícola é um excelente exemplo de eficiência a partir de boa gestão e auxílio de tecnologias apropriadas e de qualidade.

Strider Day

Pavinato mostrou o case da SLC durante a primeira edição do Strider Day, evento que reuniu os principais players do agronegócio para falar sobre inovações na agricultura e estabelecer networking. Clique aqui para ficar por dentro da edição 2019!

Assine a Revista Strider gratuitamente. Clique aqui e acesse a 6ª edição da publicação.

Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro. Acompanhe nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.