4 dicas essenciais para a efetiva gestão de pessoas no agronegócio

Por Jéssica Marques

0

 

Tão importante quanto falar de política, mercado ou tecnologias na agricultura, é falar sobre gestão. A gestão de pessoas é  essencial para que a empresa alcance seus objetivos globais e específicos, independentemente da área de atuação ou da estrutura organizacional.

Marcelo Prado, fundador da MPrado Consultoria Empresarial, engenheiro agrônomo com mestrado em Gestão Empresarial e especializações em Harvard e Central da Flórida, foi palestrante no Strider Day 2018. Durante o evento, ele falou sobre a relação que existe entre a tecnologia e uma efetiva gestão de pessoas no agronegócio.

Veja as suas dicas:

  1. Liderança

 

Para uma boa gestão de pessoas, a liderança é um dos pontos mais importantes. É essencial que o líder seja reconhecido como exemplo e, para isso, deve ter uma boa trajetória na empresa, conseguir se comunicar muito bem com os membros do seu time e administrar as demandas internas e externas à sua área.
Além disso, estar alinhado ao plano estratégico da empresa é fundamental. Uma equipe que tem os objetivos claros consegue alcançá-los com mais facilidade. Segundo Prado, “a tecnologia é grande aliada em todas essas etapas”.

  1. Investimento equilibrado

Atualmente, muitos agricultores fazem grandes investimentos em tecnologias de suporte ao campo, mas esquecem que é necessário investir também nas pessoas que viabilizam as operações. O especialista alerta para os perigos dessa desigualdade. Para ele, é imprescindível que exista um equilíbrio de investimento entre todas as áreas, tanto temporal quanto financeiro.

  1. Geração de valor

O processo de gerar valor precisa contemplar as pessoas que formam a equipe, pois são elas que realizam grande parte das operações.

Para que o valor seja agregado às pessoas, é preciso se preocupar com atualizações e capacitações constantes dos funcionários. Outro passo fundamental para a geração de valor da equipe é a consolidação da gestão e governança, analisando frequentemente o modelo de gestão. Dessa forma, é possível estabelecer uma estratégia, principalmente quando a família for parte deste governo.  

  1. Comportamento vencedor

Um comportamento vencedor tem grande influência em uma empresa. Ele não deve partir apenas do líder, mas de todos da equipe. Agir de forma positiva é contagiante e gera um ambiente de trabalho mais produtivo e saudável. É importante ressaltar os pontos positivos de seu trabalho e não considerar pontos negativos como permanentes, apenas como pontos que ainda serão melhorados.

LEIA TAMBÉM: A GESTÃO DE PESSOAS É O QUE FALTAVA PARA A SUA EMPRESA CRESCER

Próximos desafios do agro

A busca constante por atualizações tecnológicas vai ajudar no principal desafio para os próximos anos: uma cultura que se preocupe igualitariamente com a inovação tecnológica e com a gestão. Com essa cultura enraizada na empresa, será possível criar estratégias efetivas que contemplem a tecnologia disponível e uma equipe capacitada e bem gerida.

Desta forma, até 2023, Marcelo Prado estima que será possível alcançar a alta eficiência, aumentar a produtividade e a rentabilidade, tornando a gestão agrícola cada vez mais tecnológica e eficiente.

LEIA TAMBÉM:

SEGUNDA EDIÇÃO DO STRIDER DAY JÁ TEM DATA CONFIRMADA

3 INVESTIMENTOS QUE VOCÊ DEVE FAZER PARA AUMENTAR DE VEZ A PRODUTIVIDADE, PELO DIRETOR DA SLC AGRÍCOLA

PRÓXIMOS 12 ANOS NO AGRO: TECNOLOGIA E INOVAÇÃO!

Assine a Revista Strider gratuitamente. Clique aqui e acesse a 6ª edição da publicação.

Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro. Acompanhe nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.