6 dicas para combater o Greening

0

O Greening é uma praga que preocupa muito os citricultores, e não é por menos! A doença tem potencial para destruir pomares inteiros, já que um fruto contaminado não pode ser tratado, e torna-se nocivo para o restante do pomar.

A doença é transmitida pelo psilídeo Diaphorina citri, que apesar do nome extenso é um inseto que mede de 3 a 4 mm. Ele suga a seiva de um fruto contaminado e torna-se transmissor do greening, levando as bactérias causadoras até o fruto seguinte.

Mas como combater esta praga? Conheça, a seguir, 6 dicas de manejo integrado para erradicar o Greening:

1- Adquirir mudas saudáveis

Este é o primeiro passo para controlar a praga. É recomendado que as mudas venham de viveiros que seguem a legislação fitossanitária.

2- Monitorar o pomar

O ideal é verificar todas as plantas cítricas no mínimo 6 vezes durante  o ano. Entre os meses de fevereiro e setembro, os sintomas estão mais visíveis, o que pode facilitar a detecção da praga.

Sintomas frequentes:

  • Ramo ou galho em cor amarela e folhas com coloração amarela pálida, com áreas de cor verde, formando manchas irregulares.
  • Frutos deformados, assimétricos, com redução no tamanho e queda intensa.  A parte branca da casca, em alguns casos, pode ficar mais espessa e o fruto pode apresentar na parte interna diferença de maturação, ou seja, ter um dos lados maduro e o outro ainda verde.

3- Erradicar plantas contaminadas

Uma planta infectada com Greening tem potencial para contaminar todas as outras do pomar, e, portanto, deve ser eliminada.

Antes da erradicação é ideal pulverizar inseticida nos focos da doença, impedindo a migração dos insetos contaminados para outra árvore.  

4- Elimar damas da noite nas proximidades

Também conhecida como falsa-murta, estas plantas são muito comuns em áreas urbanas. No entanto, elas são hospedeiras do inseto transmissor do Greening, servindo para alimentação e reprodução.  

5- Monitorar psilídeo Diaphorina citri

Mesmo não sendo a causa da doença, o inseto é seu vetor e por isso deve ser monitorado no local e no momento certo.

6- Investir em armadilhas

As armadilhas com feromônio no campo são uma importante alternativa no controle populacional de pragas. Com elas é possível atrair as pragas do pomar até um determinado ponto escolhido previamente e combatê-la antes que gerem danos.

Recomenda-se que armadilhas sejam inseridas na divisa com áreas vizinhas, controlando as pragas que podem estar nestas terras e ainda não foram monitoradas.

#Unidoscontraogreening

Além das medidas que podem ser tomadas pelos produtores, toda a sociedade deve se conscientizar sobre o poder destrutivo do Greening e se  engajar no combate à doença. A inviabilidade da citricultura afeta diversos profissionais (são 200 mil empregos diretos e indiretos) e setores da sociedade, dos citricultores aos trabalhadores rurais.

Fonte: Fundecitrus

Leia também: #Unidoscontraogreening: Campanha Contra Principal Praga Da Citricultura. Acompanhe nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn e Youtube.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.