Cigarrinha-das-raízes em cana-planta dá prejuízo?

0

Por Michel da Silva Fernandes

O setor canavieiro tem mais de 490 anos no Brasil, mas mesmo assim possuímos muitas dúvidas com relação a uma série de tratativas. Uma questão que coloco em pauta – e já foi tema de muita discussão – é se as cigarrinhas-das-raízes dão prejuízo em canaviais de primeiro corte (canas-plantas).

Muitos consultores do setor pregavam a ideia de que não dava prejuízo, nem em canas-plantas e muito menos em canas queimadas.

Com esse parecer resolvi fazer alguns experimentos em 2009. Trabalhamos em canas-plantas com repetições e tivemos cerca de 3 toneladas de ganho. A infestação nessa oportunidade era de 3,0 ninfas por metro.

De 2009 para cá a região do triângulo mineiro recebeu o título de lugar com a maior concentração da praga no Brasil. Hoje estamos com canas-plantas com cerca de 17 ninfas por metro.

O melhor controle foi feito por meio de um produto de detenção com o qual obtivemos uma eficiência de 70% em 30 dias. Um dos pontos para o qual devemos nos atentar é que as canas-plantas nessa região estavam com ataques severos.

cana-planta-cigarrinha
Cana-planta com mais de 17 ninfas/metro

Por isso, contrariando algumas opiniões do setor, constatamos que canas-plantas sofrem sim com ataques da cigarrinha-de-raízes.

Portanto, devemos nos movimentar para controlar essa praga. E devemos nos atentar na forma de aplicação, já que a cada ano a aplicação aérea está com maior dificuldade de ser efetuada.

Fonte: msfernandes.com

Leia nosso conteúdo exclusivo no Blog Por Dentro do AgroAcompanhe nossas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.