Monitoramento e métodos de manejo da ferrugem do café

0

Uma das principais pragas que atacam a cultura do café, a ferrugem provocada pelo Hemileia Vestatrix, provoca pústulas alaranjadas nas folhas das plantas. Além disso, provoca, também, quedas na produtividade, pois faz com que as folhas caiam antes do necessário.

A doença chegou ao Brasil há cerca de 50 anos e, desde então, não foram poucas as tentativas de elaborar métodos para contê-la, seja por meio de defensivos como fungicidas ou do desenvolvimento de novas variedades de café, capazes de apresentar maior resistência à praga.

Além disso, a adoção de procedimentos pensados estrategicamente, como a irrigação e a aplicação de fertilizantes, fez com que os produtores rurais do país fossem capazes de, não só lidar com a praga mas, também, alcançar o crescimento da produtividade de café ao longo dos anos.

O controle feito por meio de diversos produtos químicos à escolha de cada produtor também é peça-chave no manejo da ferrugem, sendo capazes de proporcionar diferentes benefícios e, por outro lado, diferentes inconvenientes.

Quer saber mais? Clique aqui para ler a matéria completa do Grupo Cultivar.

Leia também: Produzir trigo no Brasil, mais que uma opção, uma necessidade. Acompanhe nossas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.