Parceiros tecnológicos: uma escolha para o futuro do seu negócio

0

Por Luiz Tângari – CEO Strider 

Conhecendo o agronegócio é possível perceber que aquele produtor conservador, que faz tudo do mesmo
jeito ano a ano, não é mais uma figura tão comum.

As fazendas se tornaram experimentadoras vorazes: a cada nova variedade de semente, ou mesmo maquinário novo, existe sempre alguém disposto a ‘emprestar’ alguns hectares para testar. E como todo inovador de sucesso, os primeiros usuários são metódicos: só vão além dos campos de teste (pequenas áreas nas fazendas destinadas à experimentações) para a área to tal da propriedade depois de entenderem numericamente como o investimento vai se pagar.

E como todo inovador de sucesso, os primeiros usuários são metódicos: só vão além dos campos de teste (pequenas áreas nas fazendas destinadas à experimentações) para a área total da propriedade depois de entenderem numericamente como o investimento vai se pagar.

Leia também: Como Não Errar Na Escolha Do Seu Próximo Fornecedor Tecnológico

O impacto causado pelos campos de experimentação na rotina e nas decisões tomadas nas fazendas
é mínimo, sem causarem praticamente nenhum impacto nas operações. Mas então veio a revolução AgTech, com um potencial imenso de gerar resultados no agronegócio! Porém, o processo de implementação tornou-se também mais complexo, e ao contrário de outras inovações, os softwares não podem ser inseridos aos poucos.

Em qualquer operação, trocar um sistema por outro gera uma ineficiência temporária e alto custo de mudança. A escolha do fornecedor de tecnologia para operações agrícolas deve ser feita de forma diferente. Deve-se levar em conta se a empresa entende do seu negócio, se preocupa com o seu sucesso e está disponível para dar suporte antes, durante e depois da implantação. Além disso, é essencial um sistema firme e confiável, para ter dados consistentes, safra a safra.

Assine a Revista Strider gratuitamente. Clique aqui e acesse a 5ª edição da publicação.

Leia mais notícias e novidades no Blog Por Dentro do Agro. Acompanhe nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn e Youtube.

 

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.